.

.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

CARIDADE






Allan Kardec, o nobre mensageiro do Senhor, preocupado com o próprio e o comportamento dos indivíduos, buscando uma diretriz segura para evitar a intriga e outros desvios na convivência social, indagou aos Guias espirituais, conforme se lê na questão 886, de O Livro dos Espíritos:
-Qual o verdadeiro sentido da palavra  caridade, como a entendia Jesus?
E eles responderam com expressiva sabedoria:
Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.
Nessa resposta luminosa encontra-se todo um tratado de ética para o bem viver, ser feliz e contribuir para a alegria dos outros.
Joanna de Angelis
Psicografia de Divaldo Pereira Franco

Um comentário:

  1. Assim como colaboras para o nosso bem viver!
    Saudades, linda Vera!
    Bjs de carinho.

    ResponderExcluir