.

.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Gratidão sentimento nobre!!!



Agradeçamos a Deus os dons de amor sabedoria e misericórdia. Saibamos manifestar ao Pai o nosso reconhecimento, quem não sabe agradecer não sabe receber e muito menos pedir.
Os Mensageiros[psicografado por]Francisco Cândido Xavier, ditado pelo espirito de André Luiz.(pág. 98)



 Ter gratidão no coração é saber olhar a vida – sempre – como possibilidade de crescimento e evolução e agradecer à vida como tal. Nem sempre a oportunidade de crescimento e evolução vem fácil, facilitada. Muitas vezes somos testados!
 A gratidão traz junto dela uma série de outros sentimentos, como amor, fidelidade, amizade e muito mais, diz-se que a gratidão é um sentimento muito nobre.
Devemos ser gratos às pessoas que no decorrer de nossa vida nos deram seu amor, sua amizade e que, de alguma forma, apostaram em nós.  Por esse motivo, a gratidão a Deus (e consequentemente a outras pessoas) deve ser uma das qualidades de uma pessoa que acredita em Deus e na Espiritualidade.

Muita paz e luz a todos!!!
Um abraço fraterno.



sexta-feira, 16 de maio de 2014

Poesia do Além



Sombra e Luz
Vem a noite, volta o dia,
Cresce o broto, nasce a flor,
Vai a dor, surge a alegria
Dourando a manhã do Amor.
Assim, depois da amargura
Que a vida terrena traz,
A alma encontra na Altura
A luz, a ventura e a paz.

* * *

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Parnaso de Além-Túmulo - Poesias Mediúnicas.
Ditado pelo Espírito Casimiro Cunha.
14a edição. Rio de Janeiro: FEB, 1994.

Que o mestre Jesus e a Espiritualidade te receba com muito carinho prima amada. Sua missão aqui no plano terreno, com a graça de DEUS, foi cumprido. ... Lamento muito sua ida para o mundo espiritual, mas com certeza sua chegada la sera cheia de luz! ... Que os nossos amigos te amparem na eternidade paz e muita luz..Meu amor por ti é eterno.

domingo, 11 de maio de 2014




Mãe

Procurei ansiosamente
Um símbolo do amor de Deus no mundo,
Carinho permanente,
Amor que nada mais pedisse à vida,
A fim de estar contente,
Que o dom de ser amor sublimado e profundo. 

Vi o Sol trabalhando sem cansaço
Doando-se sem pausa, alto e bendito,
O astro imenso, porém, pedia espaço,
De maneira a brilhar nas telas do Infinito. 

Iulguei achar na fonte esse traço perfeito,
Fitando-lhe a corrente a servir sem parar,
Mas a fonte exigia a hospedagem do leito
A fim de prosseguir à procura do mar.

Fui à árvore amiga e anotei-lhe a lição:
Conquanto a se entregar tanto aos bons quanto aos brutos,
Precisava defesa e vínculos no chão
Ao fornecer, sem paga, a riqueza dos frutos. 

Vi a abelha no favo a pedir mel às flores,
Nuvens para servir solicitando alturas,
Escolas sem função buscando professores
E o lar para ser lar exigindo estruturas. 

Toda força do bem que ao bem se entregue
Em bondade constante e em contínua grandeza,
Assegura-se, vive, auxilia e prossegue,
Algo requisitando ao Mundo e à Natureza,

Em ti, unicamente, Mãe querida,
Encontro o amor que nasce e cresce, em suma,
No sacrifício puro, acalentando a vida,
Sem reclamar da Terra cousa alguma.

Eis porque sobre todo amor que existe
As Mães são guias, anjos, cireneus,
Cujo brilho por si nos protege e persiste
Em ser somente amor, no excelso amor de Deus.

Estrela, Deus te guarde em teu fulgor celeste!...
Agradeço-te a luz, o carinho e o perdão...
Bendita sejas, Mãe, porque me deste
A presença de Deus no coração.


Mensagem Transmitida pelo espírito Maria Dolores ao Médium Francisco Cândido Xavier.
Extraída do Livro Somente Amor - Editora IDEAL


Neste dia 11 de maio  dia das mamães quero deixar aqui meus parabéns a todas as mamães que Deus abençoe ilumine com muita saúde amor paz e que possamos cumprir com a nossa missão na educação de nosso filhos!!!
Com carinho um abraço.
Vera Freire Palma

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Uma missão de educação




Lembro-me de minhas peraltices, e percebo que não havia maldade nem malícia nelas; eram apenas estripulias de quem estava descobrindo um mundo de possibilidades. (...) Quando descobertos, éramos advertidos com sabedoria, bom senso e respeito, e, principalmente, levados a refletir sobre nossas atitudes e também a viver as conseqüências decorrentes com tolerância e responsabilidade.
Não havia traumas maiores, mas ensinamentos morais por meio da reflexão de nossos atos, (...)
Assim se passou minha juventude, e percebo que nada foi mais útil a esse humilde aprendiz do que os limites impostos pelos adultos de minha época.
Entristeço-me ao ver jovens em tenra idade confrontando com desrespeito e insolência seus pais, mestres (...).
Percebo que o progresso material, como prioridade máxima da humanidade, acabou por mudar de maneira desequilibrada os objetivos educacionais do planeta; o amor, o respeito e a humildade, (...)
Vejo em diversas ocasiões a compra de atitudes ao se corrigir uma criança – negocia-se o bom comportamento (...).
Atos falhos que antes eram esclarecidos e a respeito dos quais se faziam exigências; compromissos comportamentais novos, que determinavam por modificar atitudes, hoje são vistos como traumáticos ou abusivos (...)
A educação, assunto tão sério e importante, perdeu a característica de educar um indivíduo para a vida; e viver é, antes de mais nada, respeitar o mundo em que caminhamos.
A sociedade se perder em inúteis discussões sobre maneiras de educar e não consegue entender nem mesmo o processo ético de se educar pelo exemplo. O que vemos são cegos conduzindo cegos, (...).
O educador perdeu a essência missionária, e o conceito profissional de apenas ser uma maneira de ganhar seu sustento propaga ao redor a frustração, que apenas alimenta a estagnação intelectual e moral; que só serve à permanência de comunidades incapazes de agir e reagir, a fim de modificar a direção da própria vida e, assim, caminhar para a verdadeira evolução.
(...) devemos esclarecer que também encontramos irmãos abnegados e com salutares propósitos de transformação, pessoal e social, onde a mente já possui direcionamento ético, no exercício adorável da moralidade. Serão esses missionários do amor, em busca da verdadeira justiça social, que farão parte das égides de espíritos construtores da Nova Era.


Obra: Comunidade Educacional das Trevas; Eliane Macarini/psicografado por Vinícius(Pedro de Camargo)