.

.

domingo, 31 de agosto de 2014

Construir



Para construir a floresta, a natureza gasta séculos de serviço.
Para destruí-la, basta a chispa de fogo.

Para construir a casa, grande turma de obreiros despende longos dias.
Para destruí-la, basta somente um só homem de picareta, no espaço de algumas horas.

Para construir um jarro de legítima porcelana, o ceramista utiliza tempo enorme de vigília e preparação.
Para destruí-lo, basta um martelo.

Para construir o avião, primorosa equipe de técnicos associa prodígios de inteligência, na ação do conjunto.
Para destruí-lo, basta um erro de cálculo.

Para construir o depósito de combustíveis, o homem é constrangido a providências numerosas, alusivas à edificação e à preservação.
Para destruí-lo, basta um fósforo aceso.

Para construir uma cidade, o povo emprega anos e anos de sacrifício.
Para destruí-la, basta hoje uma bomba.


Irmãos, sempre chamamos à crítica, respeitemos o esforço nobre dos semelhantes.
Para construir, são necessários amor e trabalho, estudo e competência, compreensão e serenidade, disciplina e devotamento.
Para destruir, porém, basta o golpe.

(Obra: Mensagens de Luz por Chico Xavier)


Nenhum comentário:

Postar um comentário